terça-feira, 25 de agosto de 2009

De desapaixonar-se

não é um processo fácil. Não é mesmo. Tanto que prática ou habilidade não lhe farão a menor diferença.

É devagar... é dolorido... mas acontece, acredite. Bem aos pouquinhos...

No momento, procura-se tantas coisas que nem os cadernos classificados de todos os jornais dessa cidade poderiam anunciar.